urlApex

Desvendando a URL do APEX

Saudações!

Hoje vou explicar de forma muito simples o padrão de URL utilizado pelo Oracle Application Express.

URL Autoexplicativa:

 http://apex.oracle.com/pls/apex/f?p=1:2:3:4:5:6:7:8:9

Onde:

  • apex.oracle.com:  Domínio ende se encontra o servidor
  • /pls: Indica que o servidor está utilizando Apache com o mod_plslq para conexão com o APEX
  • /apex: É o dad (Database Access Descriptor) configurado no apache, que indica em qual base se conectar.
  • f?p=  ” f ” é a procedure do APEX acessada que recebe as solicitações, e ” p ” indica os parâmetros como veremos a seguir:

 

1 – A plicação: É o ID ou alias de sua aplicação. Pode ser acessado na aplicação como :APP_ID
2 – Página: Número ou alias da página. Pode ser acessado por :APP_PAGE_ID
3 – Sessão: Número da sessão atual. Se for nulo, o banco cria uma automaticamente e se a página for pública, pode usar o zero. É acessado por :APP_SESSION
4 – Requisição: Parâmetro que pode ser usado para identificar uma ação específica prevista na página, os botões por exemplo, utilizam para submitar a página com uma ação específica (CREATE, DELETE, etc). Pode ser acessado internamente por :REQUEST
5 – Debug: Pode ser basicamente YES, NO ou LEVELn. Define se a página será carregada gravando dados do processamento para posteriormente serem debugados. No caso do LEVEL, ele loga apenas eventos em um determinado nível de debug, para que seja mais legível e direto. Possui outros valores possíveis, como REMOTE, mas que infelizmente não são muito utilizados. Acessado como :DEBUG
6 – Limpar Cache: Limpa o cache (valor dos itens) de uma ou mais páginas. Para isso basta incluir o número das páginas que deseja limpar o cache separado por vírgulas. É possivel também redefinir a paginação de um relatório na página com o comando RP. Também aceita o valor APP para limpar o cache de toda aplicação (incluindo intens de aplicação) e SESSION que é parecido com o APP, porém limpa o cache de todas as aplicações que utilizam aquela sessão.
7 – Nome do Item: Uma lista de nome de itens (separados por vírgula) para terem valores assimilados por url.
8 – Valor do Item: Uma lista de valores dos itens previamente declarados no parametro anterior, seguindo a mesma ordem. Algo importante é que os valores não podem conter “ponto e vírgula” e apenas podem conter vírgulas caso o valor esteja entre barras. ex.: \1,99\
9 – Amigável para impressão: Determina se a  ágina deve ser renderizada em modo de impressão. Geralmente este último parâmetro não é utilizado. Para ativá-lo é necessário entrar com o valor YES. Pode ser acessado na aplicação com o comando V(‘PRINTER_FRIENDLY’)
Em alguns casos, a aplicação pode estar com o SSP (Session State Protection) ativado. Neste caso, sempre que uma url for acessada, ela recebe um parâmetro adicional:
&cs=15F9976D7DF15FCA7A3B8409CD6FD195 : Onde o “cs” indica que é um checksum da página, o que previne problemas de segurança como a adulteração de URL ou “URL tampering”.

Espero que tenha sido esclarecedor!

Se você deseja obter mais detalhes, pode verificar diretamente na documentação oficial.

É isso ai!

Muitas coisas não ousamos empreender por parecerem difíceis; entretanto, são difíceis porque não ousamos empreendê-las.
– Séneca

3 opiniões sobre “Desvendando a URL do APEX”

  1. saberia dizer porque quando passo o id da pagina a sessão e o item e valor do item para retornar varias paginas de edição somente uma das paginas retorna os botoes padrões como Cancelar, Deletar, Salvar Alterações ?

    1. Não sei dizer ao certo porque não tenho mais informações da página, porém me parece estar mais relacionado à condição dos botões do que com o link. Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *